É essencial assumirmos a nossa contribuição (consciente ou não) para o que somos e para a vida que temos. A Louise Hay acredita que nós criamos a nossa vida, que aquilo que damos à vida é aquilo que recebemos de volta.

Na verdade esta é a 3ª Lei Física do Movimento de Newton, que fala na acção-reacção. Quando um sistema interage com outro sistema, exercem-se sempre forças simultâneas que têm a mesma linha de acção, a mesma intensidade e sentidos opostos. Ou seja quando ages, há uma força do outro lado que se opõe e que te devolve exatamente aquilo que fizeste. A reacção é igual e tem a mesma intensidade da tua acção.

Por isso peço-te que pares uns momentos e te perguntes: Onde tenho colocado a minha energia? Na crítica ou no elogio? No queixume ou na gratidão?

Agora já sabes de onde partiu a tua vida e os resultados que tens tido.

Muitos sentem que este princípio é uma forma de nos culparmos pelo passado e presente, o que é mais uma des-culpa para não mudar nada e para continuar a ter os mesmos resultados de sempre.

Uma participante de um curso do Método disse-me que assumir que a sua vida era criada por si era uma grande responsabilidade.
Claro que sim! Só que mais do que responsabilidade pelo que aconteceu no passado, é a responsabilidade do que pode acontecer no presente e no futuro. É seres autorresponsável e resgatares o teu poder pessoal, tomando nas tuas mãos o pleno controlo da tua vida com tudo o que isso acarreta. Esta nova consciência é importantíssima para conseguires mudar a tua vida para melhor.

Claro que continuará a haver frustrações e alegrias ao longo do caminho, mas serão as TUAS frustrações e as TUAS alegrias enquanto cumpres o teu máximo potencial como ser humano. Repara que não escrevi “fracasso” ou “sucesso”, mas “frustração” e “alegria”. É que o fracasso e o sucesso colocam em causa a tua pessoa e o que fazes. Por outro lado a frustração e a alegria são emoções que tu podes vivenciar da forma que escolheres e mudá-las se assim o entenderes fazer.

Assumires o teu Poder Pessoal é essencial à construção de uma vida plena e realizada!

X