Metade do teu parceiro / da tua parceira é o seu pai e a outra metade é a sua mãe.

Quando criticas, negas ou rejeitas a mãe dele/a, estás a criticar/negar/rejeitar metade do homem / da mulher que te acompanha na vida. E eventualmente surgem conflitos mais tarde ou mais cedo.

Quando olhares os teus sogros vê-os como a mulher e o homem que deram vida o teu homem, vê-os como uma raiz sua. Se se cortar essa raiz o teu parceiro/a tua parceira “morre”.

Não temos que concordar com tudo o que os sogros dizem ou fazem, mas quando os vemos como as pessoas que nos permitiram ter aquele homem / aquela mulher a nosso lado as criticas diminuem.

Respeitares os teus sogros é respeitares o teu par.transferir (1)

Experimenta durante 8 dias o seguinte exercicio. Sempre que falares com o teu parceiro / a tua parceira  presencialmente ou ao telefone, imagina os seus pais por atrás dele(a). E imaginas a tua mãe e o teu pai atrás de ti.

E vai percebendo o que acontece.

X