Desde 2006 que trabalho em desenvolvimento pessoal e desde então que recorentemente me colocam esta questão.

Porque temos que pagar cursos e consultas?

Deixo aqui as minhas respostas:

1º Para um facilitador fazer um bom trabalho, com qualidade e empenho, teve que fazer formação adequada muitas vezes muito dispendiosa e necessita continuar a actualizar e a formar-se.

2º E tem que pagar as ferramentas que utiliza (como o envio das newsletters, publicidade para que as pessoas saibam que existe, internet, espaços, aplicações para consultas ou cursos online, etc.).

coracao dinheiro23º Para um facilitador estar disponível para fazer este trabalho que exige uma grande dose de coração e de serenidade, temos que estar tranquilos com as nossas obrigações terrenas (comida, casa, impostos, etc). O risco de isto não acontecer é a diminuição da qualidade do trabalho do facilitador mesmo que de forma inconsciente.

Todos somos merecedores de viver uma vida digna. Os facilitadores de desenvolvimento pessoal ou do que quer que seja também. Por isso devem valorizar e valorar o seu trabalho de acordo com a sua consciência.

5º Quando o cliente paga pode exigir qualidade no serviço prestado, sabe que naquele tempo tem um profissional treinado e especializado e não um amador. E por isso pode mais facilmente confiar no que lhe está a ser providenciado.

6º Quando o cliente paga tem mais autonomia e não se criam tão facilmente laços de dependência e de gratidão que são grilhões nas nossas vidas e nos impedem de ser livres nas nossas escolhas.

Já passei fome e já passei momentos terríveis na minha vida. Hoje não tenho dificuldades financeiras porque aprendi uma das grandes lições da minha vida.

O dinheiro faz parte da nossa experiência terrena. E quando estamos no nosso caminho, fazendo um trabalho do coração e achando-nos merecedores da vida, o dinheiro é maravilhoso. É aquilo que fazemos dele.

 

X