Palavras de Christiane Northrup:

“É enorme o sofrimento que vem da ideia errada de que é nossa a responsabilidade de fazer felizes os nossos filhos adultos ou a nossa mãe. Isso simplesmente não é possível. Viver uma vida sã e feliz é de facto uma escolha, uma decisão. Isto faz-se aproveitando o teu poder para escolher pensamentos, comportamentos e crenças que te façam sentir bem. Este é um processo que requer tempo e esforço. Significa estarmos dispostas a encontrar beleza e alegria dia a dia, na vida cotidiana. Temos que procurar conscientemente pensamentos e coisas que te façam sentir melhor. Vai acontecendo com o tempo”.

Deixo aqui um poema escrito por alguém que não quer colocar o nome e que se aplica a qualquer tipo de relação.

ANTES E AGORA

Estava tão imersa
em proteger os teus sentimentos
que não respeitava os meus.
Estava tão imersa
em tentar fazer-te feliz
que não encontrava a minha felicidade.
Estava tão imersa
em procurar a tua aceitação
que não me aceitava a mim própria.
Estava tão imersa
em pôr-me bonita para ti
que deixei de ver a minha beleza interior.
Estava tão imersa
em cuidar de ti
que não cuidava de mim.
Estava tão imersa
em nutrir-te
que não me nutria eu.
Estava tão imersa em amar-te
que não me amava a mim

Hoje respeito os meus sentimentos,
agora posso compenetrar-me com os teus.
Hoje encontrei a minha felicidade,
agora posso compartilhá-la contigo.

Hoje aceito-me,
agora aceito-te, sem condições.
Hoje vejo a minha beleza interior,
agora vejo a tua beleza.
Hoje procuro tempo para me nutrir,
agora posso nutrir-te a ti.
Hoje amo-me,
agora posso corresponder ao teu amor”.

Publicado originalmente por Xuxuta Grave

X