Imagem de Rassouli

Dizem que 2013 vai ser um ano de muitas dificuldades.
“Dificuldade”… tanto peso, tanta carga negativa limitadora…

Eu prefiro chamar-lhes desafios, já que esta palavra me inspira a superação e a libertação.

É nas alturas de maior desafio que o ser humano quebra barreiras, ultrapassa limites, tantas vezes auto-impostos com pensamentos como “não consigo”, “sempre fui assim”, “foi assim que fui criad@”, “a vida fez-me assim”…

Na verdade, é nas alturas mais “dificeis”, de maiores desafios que conhecemos a nossa verdadeira natureza e descobrimos novas capacidades e qualidades do nosso ser.

É também nos momentos mais “negros” que se revela a maior Luz. Muitas vezes espelhada no outro que partilha comigo a vida, quem quer que seja, companheir@, mãe, pai, amigo, colega… Alguns de nós percebem a tempo a mensagem da Vida e pedem ajuda, mas muitos precisam de chegar ao limite das suas forças e esgotarem-se para perceberem que não é possível seguir sózinho.

Imagem de Rassouli

É nestas alturas em que nos fragilizamos e aprendemos ou reaprendemos que a vida vivida “a mais do que um” é muito mais rica e completa. Nestes tempos é quando conhecemos o lado mais belo do ser humano, mais verdadeiro na partilha de lágrimas e de risos.

“Dificil” não quer dizer “impossível” (quantas vezes os meus clientes e alunos já me ouviram dizer isto…).
Quando dizes “isso é dificil”, estás a abir a porta para esmoreceres, baixares os braços e desistires de cansaço sem sequer teres saído da casa de partida.
Quando dizes “eu consigo fazer isto, acredito em mim!!”, acordas o herói em ti e ganhas forças para ultrapassares obstáculos e sentires a glória de ter dado o teu melhor, qualquer que seja o resultado.

Mas até os heróis têm momentos sombrios. Nesses, dá-te o direito de contactar a tua Sombra para reconheceres o que ainda há em ti que te impede de aproveitar as oportunidades que a Vida te traz todos os dias.
Só em ti está a resposta para a superação.

Por vezes, precisamos de ajuda para vermos a Verdade em nós, mas o Caminho é nosso e também é nosso o caminhar.

Acredito que cada um de nós viverá melhor com a consciência de que 2013 será um caminho muito especial, cheio de desafios, mas também de oportunidades para descobrirmos novos limites e desenvolvermos capacidades únicas.

Desejo-te um ano fantástico, pleno de Vida e de Amor. Estou certa que daqui a 364 dias vais poder dizer “Vivi intensamente a minha Verdade!”

© Copyright Cláudia Félix Rodrigues

X