Constelações

Constelações

E SE PROBLEMAS NÃO RESOLVIDOS DA TUA FAMÍLIA OU ANTEPASSADOS ESTIVESSEM A MOLDAR A TUA VIDA ATUAL?

As Constelações Familiares e Profissionais permitem-te iluminares problemas e encontrares soluções de forma a:

Melhorares a tua saúde física e mental.

Expandires o teu sucesso profissional.

Teres e desfrutares de mais dinheiro.

Melhorares os teus relacionamentos pessoais ou profissionais.


O que é uma constelação?

Uma constelação é uma representação do sistema que se quer trabalhar (família, trabalho, empresa, etc.) que mostra as ligações e dinâmicas que cada pessoa tem no seio da sua família – numa ou mais gerações – e com pessoas significativas fora do sistema familiar.

Uma Constelação Familiar ou Profissional pode ser feita em grupo (workshop) ou individualmente.

As Constelações distinguem-se de outros métodos por serem intervenções breves usando mais linguagem não-verbal do que verbal.

É um excelente apoio ou complemento para qualquer terapia ou processo que estejas a fazer.

O que uma geração não resolve, a geração seguinte toma para si de forma inconsciente e repete.

Porque me afeta a minha família?

Por amor e lealdade familiar, podes absorver e carregar inconscientemente sofrimento reprimido e suprimido que tenha envolvido a tua família – tanto a mais direta como antepassados – como, por exemplo, raiva, luto, culpa, tristeza e medo.

Nascemos dentro de uma família com todas as suas características e dinâmicas conscientes e inconscientes.

Sem sabermos, tomamos para nós “missões” que nos fazem agir e sentir de uma forma que pensamos servir o grupo, mas que, por vezes, estão em conflito com a nossa saúde e com o que desejamos conscientemente para a nossa vida e até com o funcionamento saudável do grupo.

Imagina essas “missões” como âncoras que impedem o funcionamento e a mudança positiva.

As Constelações permitem ver e mudar essas âncoras, beneficiando-te a ti e a todos à tua volta.


Temas que Podes Trabalhar em Constelação

  • Tenho problemas de relacionamento com… (pai, mãe, cônjuge, ex-cônjuge, filhos, colega, amigo, etc.).
  • Não consigo esquecer alguém do meu passado.
  • Tenho uma doença… (física, emocional ou psicológica).
  • Tenho sentimentos/sintomas físicos sem causa justificada.
  • Sinto-me desligad@) da vida.
  • Sinto que me falta uma parte de mim.
  • Os abusos que sofri bloqueiam-me. (qualquer tipo de abusos e em qualquer idade).
  • Não consigo engravidar / ter filhos.
  • Fui violad@.
  • Tenho um vício/ dependência (drogas, álcool, medicamentos, jogo, comida, etc.).
  • Fui excluída da minha família.
  • Tenho sentimentos persistentes de solidão / culpa / angústia / agressividade / revolta / vazio, etc.
  • Não consigo amar / encontrar o amor.
  • Não consigo terminar o que começo.
  • Não tenho autoestima/amor-próprio.
  • Tenho vontade de morrer.
  • Tenho muito medo… (fobias no geral, que alguém da família morra, de acidentes, etc.).
  • Nunca tenho dinheiro / Não sei lidar com o dinheiro.
  • Sinto que estou bloqueada – numa área da vida, no trabalho/estudo, etc.).
  • Não sei o que fazer sobre… (negócio, projecto, carreira, etc.).
  • Entre outros.

Workshop

Como Assistente e Representante

Ser um representante e observador é uma ótima maneira de experimentar o processo e ver se é o método mais adequado para ti.

Não irás colocar a tua própria constelação, mas vai ajudar-te a obter conhecimento e consciência para a tua própria situação, relacionamentos e emoções. Podes ganhar uma grande perspectiva interna se te abrires a isso. As mudanças acontecem na medida da tua recetividade e entrega. Os participantes relatam frequentemente que é uma experiência profunda, reveladora, conectiva e libertadora

 

Colocando o teu tema

Além de seres Assistente e Representante dos temas de outras pessoas, trabalharás um determinado tema. Só podes trabalhar um tema de cada vez, por isso escolhe o que te causa mais sofrimento ou bloqueios na tua vida no momento presente. Se tiveres dificuldades em encontrar o teu tema, estou cá para te apoiar.

Tudo o que precisas para tirar o máximo proveito da tua constelação é a abertura à mudança. Para problemas que não são muito profundos, normalmente é necessária apenas uma constelação para um tema. Para temas mais profundos podem ser necessárias algumas constelações e algum acompanhamento após o processo.

SESSÃO INDIVIDUAL

Algumas pessoas não se sentem confortáveis em trabalhar em grupo.

Antes de mais, quero dizer-te que tenho técnicas específicas para trabalhar em grupo sem expor demasiado os meus clientes. É importante referir também que o grupo reúne-se numa missão de compaixão e amor, colocando-se ao serviço dos sistemas que vão ser trabalhados. É um ambiente seguro e de apoio mútuo.

Como facilitadora (e mesmo a nível pessoal) prefiro fazer este trabalho em grupo. Ao trabalhares em grupo, o teu processo é potenciado  por estares presente para as constelações de outros participantes, que acabam sempre por tocar também temas nossos. Tem-se mostrado bastante eficaz e curador.

Ajuda bastante a libertar estes receios se participares num workshop como assistente/participante antes de decidires colocar o teu tema (seja em grupo ou não).

Se realmente preferes colocar o teu tema individualmente, apesar de não ser obrigatório, é bom teres já participado num grupo de Constelações. Ajuda muito no sentir da tua constelação individual.

Nas sessões individuais trabalha-se o tema de forma semelhante às Constelações em grupo, mas utilizamos ferramentas (bonecos, post-it, etc.) para representar a família e o sentir, a visão interna, a tua intuição e a minha, como meios para nos sintonizarmos com a energia do sistema e vida do cliente.

Como: Online, Presencial  |  Valor: 100€  |  Duração90min (aprox.)


Perguntas Frequentes

 

Tenho uma doença física ou mental. As Constelações podem curar-me?

As doenças físicas e mentais têm uma base emocional e espiritual que as originou e mantem. Nas Constelações é essa base que é trabalhada não sendo garantia de cura, mas sim de um passo no teu processo de cura

Qualquer sintoma físico, emocional ou psicológico deve ser acompanhado por um profissional da medicina convencional. Esse acompanhamento é vivamente aconselhado antes e após a constelação.

Quando te inscreveres para o workshop ou sessão individual, informa-me de qualquer diagnóstico ou sintomas que tenhas para te apoiar melhor.

Se o profissional de saúde que te acompanha quiser alguma explicação sobre esta metodologia, terei todo o gosto em conversar com ele/ela. Se quiser assistir a um dos meus workshops para conhecer o trabalho de perto é muito bem-vind@.

É preciso levar a minha família comigo para fazer uma Constelação?

Queres saber a verdade?
Tu levas sempre a tua família contigo, onde quer que vás, o que quer que faças, quer queiras ou não.
Eu explico.

Existe o que chamamos de herança transgeracional que é aquilo que nos contam (a mãe, o pai, os avós, os primos, tios, etc.), no fundo, aquilo que podemos ver ou confirmar.

E existe também uma herança transgeracional que é aquilo que não nos contam, mas:

  • Sentimos e – por vezes – não sabemos que sabemos.
  • É o que nos impulsiona a tomar determinados rumos e não percebemos porquê.
  • É o que faz com que nos comparem com pessoas da família de quem habitualmente não se fala ou que nunca sequer conhecemos.

Ora, desde que te tornaste um ser humano que tens uma “mochila” que levas sempre contigo e que se vai enchendo com tudo o que percecionas, vives e sentes. Podem ser:

  • As tuas próprias experiências: emoções e memórias ainda no ventre materno, a experiência do parto, os primeiros anos de vida, etc.
  • A tua herança geracional (o que te contam).
  • A herança transgeracional ( o que te é transmitido de forma inconsciente).

Tudo vai para dentro desta mochila que contem toda a tua história e a tua energia, queiras ou não. E porque contem a memória da tua família, essa mochila está ligada inevitavelmente a todas as outras mochilas que existem ou existiram na tua família através do chamado campo morfogenético.

Vai para todo o lado contigo e influencia-te em tudo o que fazes e és, a maioria das vezes de forma inconsciente. Também tudo o que vives influencia o que está na mochila, ou seja, a memória da família.

Por isso, nas constelações familiares só é necessário estar presente um membro da família, porque o que ali se fizer comunica subtilmente com todos os sistemas a que pertences.

Isto não quer dizer que podes fazer constelações para resolver os problemas da família, como se não fizesses parte do problema. Os temas a escolher devem dizer respeito diretamente à tua pessoa, sendo essencial que estejas recetiva e disposta a mudar a tua imagem interna da situação, sem querer manipular os outros.

Posso trabalhar mais do que um tema de cada vez?

Sim, só podes trabalhar um tema de cada vez.

Por isso, recomendo sempre que seja o tema que causa mais sofrimento ou bloqueios na tua vida no momento presente.

É frequente que, ao trabalhar o tema  mais importante para ti neste momento, descubras que outros temas estão conectados e que perdem força ou chegam mesmo a desaparecer com as revelações e transformações que fazes e sentes na tua vida.

Se tiveres dificuldades em encontrar o teu tema, conversa comigo.

Preciso de ter algum treino para ser Representante num workshop?

Ser um representante significa que te colocas ao serviço do sistema de outra pessoa como meio de “diagnóstico” e resolução. Tudo que tens que fazer é ficar onde és colocada no campo da Constelação e relatar o que sentes quando eu te solicitar. Pode ser que sintas emoções fortes ou nada. Tudo é válido.

Consoante a dinâmica da Constelação, eu oriento-te para sentires, moveres-te ou dizeres frases curadoras, seja para testar a dinâmica como a melhor solução para a situação apresentada pela Cliente.

Vais continuar consciente de ti, de quem és e do que sentes. Simplesmente, vais sentir também a energia do sistema da Cliente e o teu corpo vai mostrar a dinâmica da Constelação. É absolutamente seguro sentir essa energia.

É uma experiência ÚNICA e os representantes relatam com muita frequência verdadeiras catarses e transformações. Os grupos atraem-se por uma sintonia de energia e é algo frequente percebermos pontos em comum nos temas apresentados ou ser-nos pedido para sermos representantes de um tema que existe também na nossa família.

Se não te sentires confortável para ser representante em determinada Constelação, podes recusar e ficas apenas a assistir.

Quais os benefícios de ser Assistente?

Os grupos atraem-se por sintonia de energia e frequentemente percebemos pontos em comum nos temas apresentados, ou seja, temas que existem também na nossa família, empresa, etc.

Estar presente num workshop de Constelações é uma ótima maneira de experimentar o processo e ver se é o método mais adequado para ti.

Quer sejas apenas assistente ou te seja pedido servires de representante na Constelação de outra pessoa, abre-te imensas oportunidades de ganhares conhecimento e consciência para a tua própria situação, relacionamentos e emoções. Podes ganhar uma grande perspectiva interna se te abrires a isso.

As mudanças acontecem na medida da tua recetividade e entrega.

Os assistentes e representantes relatam muitas vezes que é uma experiência profunda, reveladora, conectiva e libertadora. 

O que se procura numa constelação?

Nas constelações procuramos o que originou ou mantem bloqueios na vida do Cliente – a pessoa que vai colocar um tema. Podem ser:

  • Pessoas excluídas, difamadas, denegridas, não honradas no sistema.
  • Pessoas com “destinos difíceis”:
    • Consideradas “ovelhas negras”.
    • Deficientes físicas ou mentais.
    • Ladrões ou assassinos.
    • Prostitutas.
    • Mortes prematuras.
  • Bebés que não nasceram ou que morreram muito jovens.
  • Ex-noivos dos pais, avós ou bisavós.
  • Pessoas que cederam o seu lugar a outros no sistema (ex-noivas/os, ex-cônjuges, a esposa anterior que morreu no parto, etc.).
  • Traumas.
  • Quem quer que tenha sido prejudicado pela família.

A herança intergeracional é o que nos é transmitido de forma consciente e voluntária como hábitos, habilidades e modos de ser e estar. Por exemplo, alguém desempenha o papel de médico, professor, fazendeiro, marinheiro, notário ou militar, tal como o seu pai, avô, etc. Alguém “trabalha para o governo” ou tem “bom ouvido” ou “é comilão”. É algo que podes decidir seguir ou não. A herança transgeracional  é aquilo que não nos contam, como segredos, tabus, eventos ocultos, que às vezes são ignorados, e que são transmitidos de uma geração para outra pelo inconsciente familiar, chegando a ser reproduzidos de alguma forma. Revelam-se através de traumas, doenças, manifestações somáticas ou psicossomáticas que, geralmente, desaparecem quando são verbalizadas, externalizadas ou reconhecidas. Exemplos desta herança transgeracional são pessoas que têm pesadelos terríveis inexplicáveis e que são netos de prisioneiros dos campos de concentração, militares que participaram na guerra, mortos no mar ou sem enterro, etc. É esta herança transgeracional que traz as pessoas às Constelações e que se reflete nas suas vidas e com a qual trabalhamos.


X