transferir (12)AS CRIANÇAS SÃO BÊNÇÃOS do Universo. Não são bens dos seus pais. São brilhantes espíritos individuais – velhas almas a virem para mais uma experiência humana. Elas escolheram os seus pais pelas lições e desafios que lhes serão dados. Estão aqui para nos ensinar muitas coisas se estivermos abertos a aprender com eles.

As crianças são desafiantes porque têm diferentes formas de ver a vida.

Porém com frequência os pais insistem em ensinarem-lhes velhas e ultrapassadas ideias que as suas crianças instintivamente sabem que não as certas para elas.

É dever dos pais prover um espaço seguro e nutridor para que esta alma desenvolva  a sua personalidade ao máximo do seu potencial.

Se pudessemos perceber que cada criança que vem a este planeta é um curador e que pode fazer coisas maravilhosas para que a humanidade avance, se para tal forem encorajadas. Quando tentamos forçar a criança a entrar num molde que foi transmitido pelos avós, então não estamos a servir o interesse da criança, nem estamos a servir o interesse da sociedade.

handsAplaude a singularidade da tua criança. Permite que se expresse no seu próprio estilo, mesmo que penses que é uma moda passageira. Não a faças sentir que está errada, nem a deites abaixo. Eu já passei por muitas, muitas modas passageiras ao lomgo da minha vida. Tu também e os teus filhos também!

Não temos que ser pais perfeitos. Se formos amorosos, as nossas crianças têm excelentes hipóteses de crescer para serem o tipo de pessoas que gostaríamos que fossem nossas amigas. Serão indivíduos auto-realizados e bem-sucedidos. Auto-realização traz paz interior.

A melhor coisa que podemos fazer pelas nossas crianças é aprender a amar-nos.

Porque as crianças aprendem sempre pelo exemplo. Teremos uma melhor vida e elas terão uma vida melhor também.

Eis algumas afirmações para pais e crianças que podem praticar em conjunto:

  • Eu amo coisas novas.
  • Eu posso ser ensinad@. A vida é uma educação. Eu sou um(a) estudante. Eu estou a fazer o melhor que posso e a cada dia torna-se mais fácil.
  • A criança em mim sabe como amar, cantar, dançar e curar-se. Eu honro-me e cuido de mim.
  • Eu vejo o melhor em todos.
  • Agora contribuo para uma vida familiar de união, amor e paz.
  • Para ter mais amor, preciso apenas de me amar mais.
  • Eu permito-me ter grandes sonhos.
  • Eu sou um indivíduo único com o meu próprio caminho a seguir.

Louise Hay

X